Blog

rh.png
  • Tami Lima

4 compromissos para viver com mais liberdade



Da série: os livros que marcaram 2020.


Quanta sabedoria cabe em 110 páginas? Descobri lendo os 4 compromissos que o suficiente para mudar o mundo.


Aprender um pouco sobre a Filosofia Tolteca foi um grande presente, os ensinamentos de uma civilização feita de pessoas de sabedoria.


Nascemos com capacidade de aprender e sonhar, fazemos isso muito bem quando somos crianças, mas quando viramos adultos acabamos perdendo essas habilidades.


Não temos muita escolha quando somos pequenos, mas quando crescemos podemos decidir novos caminhos, por serem novos acabam sendo doloridos, mas mudar a perspectiva vale cada esforço.


Os 4 compromissos

Os 4 compromissos é um caminho para a transformação em céu de onde vivemos hoje.


1. Seja impecável com sua palavras

Nossa mente é um terreno fértil, e o mau uso da palavra pode cultivar um lugar de medo. Ser impecável com sua palavra é não usá-la contra você mesmx, é assumir as responsabilidades e usá-la na direção da verdade e do amor. É o primeiro compromisso para o caminho da liberdade.


2. Não leve nada para o lado pessoal

Quando levamos para o lado pessoal sofremos por nada. Ao vermos as pessoas como são não podemos ser feridos pelo que dizem ou façam. Mesmo que alguém minta pra você. Na verdade, ela está com medo de que você descubra que ela não é perfeita. Imagina quantos aborrecimentos poderiam ser evitados se todos seguirem esse princípio?


3. Não tire conclusões

Adoramos imaginar os porquês e preferimos nos apegar à nossa projeção do que perguntar. Quantas vezes interpretamos a coisa toda errada?


Presumimos que todos enxergam a vida da mesma forma que nós, que pensam, sentem, julgam e sofrem como nós. Essa é a maior presunção. Por isso temos medo de sermos nós mesmos na presença do outro.


Pensamo que todos estarão nos julgando, nos fazendo sofrer e nos culpando, assim como fazemos a nós mesmos. Então antes que os outros tenham a chance de nos rejeitar, nós nos rejeitamos.

Devemos ser quem somos sem ter que apresentar uma falsa imagem. Se não entendemos algo devemos perguntar e não tirar conclusões.


4. Dê sempre o melhor de si

Se sempre damos o nosso melhor não há espaço para julgamento. O melhor de mim de manhã pode ser diferente do meu melhor no final do dia, o que importa é que diante daquelas circunstâncias dei o meu melhor. Não tem problema o meu melhor variar.


Um breve resumo

Os 4 compromissos é um sumário do poder da transformação.


Gosto de pensar que se aceito quem sou, aceito minha natureza, minha criação e então poderei transcender como pessoa e líder.


Espero contribuir para as reflexões e ajudar a trazer muita energia para um ano que acabou de começar.


Sermos quem realmente somos, essa é a verdadeira liberdade!